sábado, 5 de fevereiro de 2011

Nina & The Black Swan

   Como é bem possível adivinhar a partir do título, eu assisti Black Swan (O Cisne Negro) hoje, e não tenho certeza se gostei. O filme é muito bem produzido, tem cenas muito bonitas, cenas muito aflitivas e situações pelas quais tenho certeza que toda a pessoa que quer ser perfeita em algo já passou por. Mesmo com todo esse lado positivo, também tive a impressão de que o filme chega exatamente ao lugar esperado desde a primeira cena, se tornando previsível. Além disso, tive uma impressão de que a primeira parte (sendo a divisão entre a primeira e a segunda parte o momento em que ela começa a enlouquecer) é meramente uma vontade de atrair seres do sexo masculino para o cinema, para verem pegação lésbica e a Natalie Portman se masturbando. Acho que vale a pena ir no cinema e ver apesar dessa minha impressão nada animadora, e tirar sua própria conclusão a respeito do filme.
Para aqueles que não estão inteirados, o filme conta a história de uma menina, Nina (Natalie Portman), lá pelos seus vinte e poucos anos que tem como única paixão, aspiração e relação social, o Ballet. Devido ao envelhecimento da prima-ballerina habitual (Winona Ryder), é necessária uma substituição, e ela, inexplicavelmente, acaba sendo escolhida para o papel, e fica incumbida de fazer ambos os cisnes, tanto o puro e inocente, que é um reflexo da própria menina, quanto o sedutor e obscuro, que rouba o amor do Cisne Negro na história do Ballet. Juntando com tudo isso, uma menina que também é muito boa e muito mais livre do que Nina,  Lily (Mila Kunis) começa a frequentar a vida da garota, ajudando ela a se soltar, mas também tornando-se um fantasma em sua mente; o Cisne Negro perfeito.
Enfim, como isso é um blog de moda, estou aqui para falar sobre algo que me causou uma ótima impressão: Os figurinos. Não só na situação do Ballet, os figurinos do filme inteiro parecem bem pensados e considerados para adicionar ao personagem, por exemplo, as roupas de Nina até a metade do filme são brancas e beges, e, a partir da metade, começam a ser misturadas com tons de preto, até se tornarem cinzas, mostrando o desenvolvimento da personagem. Enquanto isso, as roupas de Lily são, durante todo o filme, pretas, das calças até a Lingerie.
Obviamente, os figurinos, desenhados por Rodarte também são maravilhosos, sem contar a maquiagem.
Deixo vocês com fotos.



Deixem suas perguntas para o vídeo aqui! :)

Um comentário:

Luckz disse...

eu amei esse filme